• Ana Carolina Krüger

Perseverance: Sonda Pousa com Sucesso em Marte

Na tarde da última quinta-feira, dia 18 de fevereiro de 2021, pousou em solo marciano a sonda Perseverance, sete meses após partir da Terra. Esta é a primeira missão da NASA (National Aeronautics and Space Administration), agência do governo federal dos Estados Unidos responsável pela pesquisa e desenvolvimento de tecnologias e programas de exploração espacial, que vai procurar sinais de vida antiga em outro planeta, para ajudar a responder à questão: já houve vida em Marte? . "É realmente o começo de uma nova era", disse o administrador associado da NASA para a ciência, Thomas Zurbuchen, no início do dia durante o webcast da agência espacial americana sobre o evento que mostrou a chegada do robô ao planeta.

A Perseverance pousou às 18h15 (horário de Brasília), na região conhecida como Cratera de Jezero, local onde um lago existiu há 3,9 bilhões de anos, além de procurar por microfósseis nas rochas e solos. A meta é ampliar os conhecimentos sobre o planeta, de forma a viabilizar futuras explorações. A sonda foi lançada do Cabo Canaveral, na Flórida, no fim de julho de 2020. Durante esses sete meses, viajou cerca de 470 milhões de quilômetros. A missão faz parte de um projeto que custou US$ 2,7 bilhões e é planejado há 20 anos.

O Rover Perseverance pesa por volta de uma tonelada, e tem as medidas equivalentes de um pequeno carro popular ( 3 m de comprimento X 2,7 m de largura X 2,2 m de altura).

Há, nele, sete instrumentos inovadores que poderão ampliar como nunca os conhecimentos sobre Marte. Um desses equipamentos é a Mastcam-Z, um sistema avançado de câmera com capacidade de imagem panorâmica com alta capacidade de zoom. Essa câmera poderá ajudar a determinar a mineralogia da superfície marciana e colaborar nas operações do veículo rover. Já o mini-helicóptero Ingenuity, embarcado no Perseverance, fará o primeiro voo motorizado no planeta.

Outro equipamento enviado, a SuperCam, é um instrumento que pode fornecer imagens, análise de composição química e mineralogia à distância. Há, ainda, um espectrômetro de fluorescência de raios X e gerador de imagens de alta resolução para mapear a composição elementar em escala fina dos materiais de superfície de Marte. Esse equipamento permite detectar e analisar, de forma mais detalhada, os elementos químicos que compõem o planeta. A Nasa enviou também um outro espectrômetro que, fazendo uso de um laser ultravioleta, produzirá imagens que possibilitarão o mapeamento da mineralogia e de compostos orgânicos.

Pouco após o pouso, foram postadas, na conta no Twitter da sonda, as primeiras imagens registradas pela Perseverance no solo de Marte. Confira as duas primeiras fotos a seguir:

Se você ficou com curiosidade em conhecer mais sobre a missão Marte Perseverance Over, o site da NASA disponibilizou uma exploração 3D da sonda, onde você pode observar cada detalhe. Ficaremos acompanhando cada resultado dessa missão da “nova era” espacial. E que nunca nos falte Perseverança! Abraços Terráqueos!

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Contato

e-mail

Telefone

Sede Física

Parceiros:

CA²NoCircle.png
Parceiro_Ciência_e_Astronomia2.png
NEOA-JBS3.png

•          Sociedade Astronômica Cruz do Sul          •          12 de Setembro de 2017          •          SACS          •